[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Brexit põe fim ao roaming livre e restringe viagens com animais


Amanhã, o Reino Unido deixa oficialmente a União Europeia, mas o período de transição que se prolongará até ao final do ano fará com que poucas mudanças se façam sentir antes de 2021. No entanto, o rol de alterações previstas para o próximo ano continua a crescer à medida que o Brexit se aproxima: o governo britânico anunciou hoje que as regras para viajantes irão mudar.
Seja por motivos de lazer ou de trabalho, as viagens tornar-se-ão mais complicadas a partir de 2021. Os britânicos que desejem visitar um país da União Europeia não terão acesso, por exemplo, ao roaming livre. O que significa que não beneficiarão das mesmas condições de comunicações que no seu país de origem: as operadoras poderão cobrar mais por chamadas telefónicas, SMS ou dados móveis.
Além disso, os britânicos são aconselhados a subscrever um seguro de viagem com cobertura de saúde, uma vez que o Cartão Europeu de Saúde poderá deixar de ser válido.
No mesmo sentido, os passaportes também serão sujeitos a novas regras em termos de validade. No dia da viagem, o passaporte terá de ter pelo menos seis meses de validade pela frente. Se caducar dentro de dois meses, por exemplo, será impedido de passar a fronteira. Ler + (...)

Sem comentários: