[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Comprimidos para sexo no topo de medicamentos apreendidos em Portugal

Dos oito medicamentos mais apreendidos em Portugal, sete deles são para o tratamento da disfunção erétil enquanto o outro serve para estimular o desejo sexual e a libido, sendo que todos estes produtos são fármacos ilegais por não terem autorização para o mercado português, avança o Jornal de Notícias.

Entre os anos de 2015 e 2019 foram apreendidos perto de 2,5 milhões de comprimidos e cápsulas por suspeitas de falsificação, avança o ‘Jornal de Notícias’ esta terça-feira, 21 de janeiro. As apreensões foram realizadas pelas alfândegas portuguesas que no último ano intercetaram 721 mil unidades de medicamentos, representando um acréscimo de 48% face ao ano anterior.
A publicação, com recurso a dados do Infarmed, afirma que a China, Índia, Brasil e Estados Unidos da América são os principais países de origem dos medicamentos que ficaram retidos. O principal fármaco apreendido é para o tratamento da disfunção erétil, seguindo-lhe produtos para o sistema nervoso e analgésicos. Ler + (...)

 

Sem comentários: