[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Fusão de freguesias não trouxe ganhos de eficiência

Segundo um estudo do ISEG, a reforma das freguesias não trouxe ganhos a nível de eficiência. Lisboa e Vale do Tejo não sentiram o impacto. Algarve e Alentejo são exceções. 

 A reforma administrativa para fundir as freguesias, realizada em 2013, não representou um aumento de eficiência nos serviços prestados às populações, segundo um estudo realizado pelo ISEG. Lisboa e Vale do Tejo não tiveram qualquer impacto, mas Algarve e Alentejo são exceções.

“A conclusão a que chegámos foi que a reforma não teve impacto a nível da eficiência nem no centro do país, nem em Lisboa e Vale do Tejo regiões onde o efeito foi mesmo contrário, ou seja, em que não se registaram melhorias de eficiência“, explica Ana Venâncio, professora do ISEG, ao Jornal de Negócios (link indisponível). Ler + (...)

Sem comentários: