[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

IVA variável na luz? “Não faz sentido subsidiar alguém que tem uma casa de férias”

António Mexia questiona a intenção do Governo de introduzir uma taxa de IVA em função do consumo. Diz, em entrevista ao ECO, que há formas mais diretas de combater a pobreza energética.

António Mexia tem dúvidas sobre o modelo de redução do IVA na eletricidade. António Costa pediu a Bruxelas para permitir que a taxa passe a variar em função do consumo, uma flutuação que para o presidente executivo da EDP poderá não ser socialmente justa. “Vamos subsidiar alguém que tem uma casa de férias? Não faz sentido”, diz, em entrevista ao ECO, e alerta para a necessidade de avaliar o modelo que vai ser seguido. O presidente da EDP defende que há formas mais diretas de combater a pobreza energética. É uma crítica ao Executivo, mas também há elogios, como o modo como foi seguido o concurso do solar. 
Apesar dos diferendos com o Governo, a EDP continua a ser uma empresa portuguesa, apesar de 97% do capital ser estrangeiro. Mexia diz que mesmo com a venda das barragens, a EDP continua a ser um grande investidor em Portugal. “Somos também o maior investidor português no mundo”, diz. Ler + (...)

Sem comentários: