[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

CGD e BCP já cobram carregamentos no Revolut com cartão de crédito





A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Millennium BCP já estão a cobrar pelo carregamento de cartões pré-pagos e carteiras digitais como o Revolut, avança o “Público”.


De acordo com o jornal, as comissões podem atingir valores elevados, já que partem de uma base fixa e variam em função do montante carregado. Uma transferência de 100 euros para um cartão Revolut a partir de um cartão de crédito da Caixa custa 8,25 euros (mais 4% de imposto de selo) desde o dia 25 de Janeiro. Se a transferência for de 500 euros, a comissão sobe para 22,5 euros.
Na CGD, As cobranças acontecem nas movimentações com cartões de crédito, sendo que se forem feitas com cartões de débito já não há comissões. No caso do Millennium BCP, também já foi incluído no preçário uma comissão pelo carregamento de cartões pré-pagos quer a transacção seja feita por cartões de crédito, débito ou outros cartões pré-pagos. O valor, ainda assim., é mais baixo do que o valor cobrado pela Caixa: quatro euros mais 0,5% que acresce em função do montante transaccionado. Ou seja, transferir 100 euros para um cartão tipo Revolut custa, neste banco, 4,50 euros, metade dos 8,25 que custam na CGD.
Em declarações ao “Público”, fonte da Revolut em Portugal aconselha clientes a procurar alternativas. «Existem múltiplas formas de carregamento dos cartões, nomeadamente cartões de débito, cartões de crédito ou transferência bancária», diz.

3 Fev 2020

Sem comentários: