[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 12 de março de 2020

A NOS e o Wap Billing

A NOS anunciara no início do ano: 

“Que deixou de permitir – contra as inúmeras fraudes detectadas – a utilização do saldo ou da factura, para novas activações de serviços do tipo Wap Billing, numa medida “que visa o reforço da protecção dos seus clientes, assim como da transparência nos serviços prestados”.
Do que se trata, afinal, quando se usa o jargão “Wap Billing”?
Nada mais que um “mecanismo” que concede aos consumidores o acesso a conteúdos digitais a partir de páginas WAP (Wireless Application Protocol), serviços que são directamente debitados na factura de acesso à Internet ou descontados no saldo remanescente (no caso dos pré-pagos).
A prestação de serviços em linha como toques, jogos, concursos, imagens… é uma versão “actual” dos serviços de audiotexto em suporte digital…
Os consumidores denunciam autênticos “serviços-surpresa” debitados implacavelmente na factura das comunicações electrónicas, sem qualquer fundamento legal.
Distintas hipóteses se configuram: Ler + (...)

Sem comentários: