[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 19 de março de 2020

Calendário do IRS deverá manter-se inalterado. Veja o que muda nos impostos

Ministério das Finanças faz notar que, desde 2018, a entrega da declaração Modelo 3 de faz exclusivamente online. No caso do IRC, por causa do surto do novo coronavírus e do seu impacto na vida das empresas, o Governo optou por dilatar prazos declarativos e de pagamentos, mas está previsto que o início da campanha do IRS se mantenha a 1 de abril

“Neste momento temos previsto que a campanha de IRS se inicie a 1 de abril, conforme previsto. Note-se que desde 2018 que a entrega da Modelo 3 se faz exclusivamente por via eletrónica”, diz ao Expresso fonte oficial do Ministério das Finanças.
E reforça que “o calendário fiscal mantém-se, com exceção das obrigações em sede de IRC prorrogadas em 9 de março, estando o calendário fiscal do segundo trimestre relativo às obrigações de pagamento em vigor nos restantes impostos com as adaptações anunciadas pelo Governo”.
Ontem, quarta-feira, o ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou mais medidas fiscais de ajuda às empresas e trabalhadores independentes. Em março já tinham sido prorrogados os prazos no IRC: será dilatado o Pagamento Especial por Conta (PEC) de 31 de março para 30 de junho; a entrega do Modelo 22, que é a declaração de IRC, e o pagamento do acerto de contas com o Estado quando este é devido, passa para 31 de julho; e foi estendido o primeiro PEC e do primeiro adicional por conta de 31 de julho para 31 de agosto. Ler + (...)

Sem comentários: