[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 13 de março de 2020

Estado de Alerta declarado até 9 de abril e acionada a medida de crime de desobediência em casos de "violação das orientações"

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, fez esta tarde uma declaração à comunicação social sobre a situação de alerta decidida no quadro das medidas extraordinárias e de caráter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo Coronavírus.

Em conferência de imprensa, o ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita reiterou as informações ontem avançadas pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva. A declaração de Estado de Alerta tem efeito imediato e irá vigorar até o dia 9 de abril, "em articulação com as as restantes medidas tomadas pelo Governo".
Estas medidas serão reavaliadas "entretanto", declarou o Eduardo Cabrita. A reavaliação passará pela ponderação da sua dimensão ou eventual prorrogação da data limite em vigor.
O ministro da Administração Interna salientou também que, a partir deste momento, passa a haver uma “interdição” à realização de eventos de qualquer natureza em recintos cobertos que reúnam mais de 1.000 pessoas, assim como de eventos ao ar livre com capacidade para 5.000 pessoas. Ler + (...)

Sem comentários: