[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 25 de março de 2020

Objetos que aumentam o risco de contrair COVID-19 segundo a Direção-geral da Saúde

O novo coronavírus (SARS-CoV-2) pode permanecer em superfícies durante dias. Tenha em atenção a alguns objetos em particular, segundo as recomendações da Direção-geral da Saúde (DGS).

O SARS-CoV-2 permanece em superfícies durante um período temporal que pode ir de algumas horas a 6 dias, e a limpeza e desinfeção frequente dos espaços diminui consideravelmente esse período.
Assim, devem ser tomadas medidas adicionais de cuidados na limpeza e desinfeção de superfícies, de modo a prevenir a disseminação da COVID-19.  
O novo coronavírus pode transmitir-se por contacto direto e contacto indireto, através de gotículas expelidas para superfícies. À luz do conhecimento atual pensa-se que o SARS-CoV-2 pode permanecer nas superfícies durante pelo menos 48 horas. Se não houver uma limpeza e desinfeção adequada, e o aumento da sua frequência, as superfícies podem constituir-se como reservatórios de vírus e de outros microrganismos. Ler + (...)

Sem comentários: