[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 26 de março de 2020

Ovar prescinde das rendas da habitação social enquanto durar a crise

O presidente da Câmara Municipal de Ovar anunciou hoje que irá prescindir da cobrança das rendas da habitação social relativas ao mês de março e durante o período em que durar a crise gerada no concelho pela pandemia de covid-19.

Em causa estão os valores devidos a essa autarquia do distrito de Aveiro pelos 184 inquilinos de apartamentos que são propriedade do município, o que, segundo os serviços camarários, representa um valor global na ordem dos 10.000 euros mensais.
"Vamos isentar do pagamento de rendas todos os inquilinos de Ovar que neste momento estão a ocupar casas da Câmara. Este mês já não vão pagar renda e nos próximos também não, enquanto durar esta situação", disse Salvador Malheiro.
O autarca defende que essa é uma forma de compensar a população mais carenciada do concelho pela perda de rendimentos resultante do cerco sanitário imposto ao território, que se encontra em estado de calamidade pública desde 17 de março e sujeito a controlo de fronteiras desde o dia 18. Ler + (...)

 

Sem comentários: