[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 30 de abril de 2020

4, 18 de maio e 1 de junho. Veja como vai ser a reabertura

O Governo vai apresentar o plano de reabertura da economia, passado o pico da pandemia. Programa terá três fases distintas, dependentes da evolução da saúde pública. Veja o que já se sabe. 

Depois de três estados de emergência por causa da pandemia, que obrigou ao encerramento de grande parte das atividades económicas, o país vai começar a reabrir para, como pediu Marcelo Rebelo de Sousa, “não se deixar a economia morrer”. António Costa vai apresentar esta quinta-feira o plano gradual de regresso ao normal, ou ao novo normal enquanto não houver um tratamento ou vacina contra o Covid-19. Haverá três momentos distintos.
4 de maio será a primeira data deste calendário de reabertura do país. Já não haverá estado de emergência, como até aqui, mas Portugal deverá passar para o de calamidade, mantendo-se restrições à circulação de pessoas – o dever de confinamento manter-se-á. Mesmo neste novo estado, haverá lojas a reabrir, mas só a 18 de maio haverá uma abertura mais alargada. Ler + (...)

 

 

Sem comentários: