[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 17 de abril de 2020

Apoios à tesouraria, isenções de taxas e impostos. Ajuda do Estado à TAP vai impor condições

TAP pediu isenções fiscais e de taxas e apoios de tesouraria, que passam por aval do Estado. Presidente da empresa diz que "quem ajuda impõe condições" e não afasta reforço público ou nacionalização. 

A TAP já entregou ao Governo e ao regulador um pedido de auxílio financeiro e operacional, que reconhece o presidente não executivo da empresa, terá como contrapartida a imposição de condições à empresa e aos acionistas privados. “Quem ajuda impõe condições”, afirmou Miguel Frasquilho numa audição no Parlamento esta quinta-feira.
O presidente não executivo afirmou que o cenário de nacionalização não pode ser descartado, citando declarações feitas por vários governantes, mas admitiu também um reforço acionista do Estado na empresa onde tem 50% do capital, mas não interfere na gestão e até a entrada de dinheiro de acionistas privados.
Sem revelar valores, Frasquilho indica que foi pedido um apoio de tesouraria por um período de 12 meses, bem como isenção do pagamento da TSU (taxa social única) a cargo da entidade empregadora, o alargamento do prazo de entrega da TSU e do IRS retido aos colaboradores, a possibilidade de passar a reforma antecipada a partir dos 60 anos, em regime de adesão voluntária, e a isenção de taxas aeroportuárias também por um ano. Ler + (...)

Sem comentários: