[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 21 de abril de 2020

Comissária europeia da Saúde pede "muita cautela" ao levantar restrições

A comissária europeia da Saúde sublinhou hoje que a pandemia da Covid-19 "não vai desaparecer" até haver tratamentos eficazes e vacina, insistindo por isso que é necessária "muita cautela" no levantamento das restrições e coordenação entre os Estados-membros.

Intervindo numa videoconferência organizada pela comissão de Saúde Pública do Parlamento Europeu, a comissária Stella Kyriakides repetiu por diversas vezes que é preciso "extrema precaução" nesta fase em que muitos países começam a 'aliviar' o confinamento e as restrições, apontando que os cidadãos têm de se consciencializar de que, apesar de a situação estar a evoluir favoravelmente, "a vida quotidiana vai continuar a ser afetada no futuro previsível".
"A Covid-19 não se vai embora, quero que isto fique muito claro. Vamos ter de aprender a viver com ela [a doença] até haver vacina e tratamentos eficazes", declarou.
A comissária cipriota apontou que as últimas semanas têm dado "algumas notícias encorajadoras no sentido de que as medidas de confinamento ajudaram a abrandar a propagação do coronavírus e a 'achatar' a curva, o que prova que foram importantes", mas ressalvou que estes dados devem ser encarados "com reservas". Ler + (...)

 

Sem comentários: