[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 21 de abril de 2020

Compras online voltaram a crescer na UE no último ano. Portugal “acompanhou” mas menos

São cada vez mais os cidadãos dos Estados-membros que fazem compras através da internet e as empresas que se rendem ao digital. Assim mostram os dados do Eurostat relativos a 2019. Os valores podem crescer ainda mais com a atual pandemia.

A par do uso da internet e da melhoria das condições de segurança, as compras online continuam a aumentar na União Europeia (UE). Os dados mais recentes do Eurostat indicam que 60% dos internautas na UE com idades entre 16 e 74 anos fizeram compras através da internet ao longo de 2019, num valor que compara com os 56% registados no ano anterior.
Dinamarca, Suécia e Países Baixos ocupam, por esta ordem os lugares do pódio, com, respetivamente, 84%, 82% e 81%, bem acima da média.
Pelo contrário, os números em Portugal continuam muito aquém da média comunitária. Embora mantenham uma evolução positiva, colocam o país na cauda da UE. O relatório mostra que o valor para os últimos 12 meses completos se situou em apenas 39%, taco a taco com a Grécia e o Chipre, e somente acima de Itália (38%), Roménia (23%) e Bulgária (22%). Ler + (...)

Sem comentários: