[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Desempregados e trabalhadores em 'lay-off' podem ser chamados para ajudar lares e hospitais

Medida admite também a integração de estudantes ou formandos, preferencialmente de áreas relacionadas com estas atividades.

Desempregados e trabalhadores com contratos suspensos ('lay-off') poderão temporiamente integrar instituições de saúde e apoio social, como lares e hospitais, no âmbito da resposta à pandemia da covid-19, segundo uma portaria publicada hoje no Diário da República.
Trata-se de "uma medida de apoio ao reforço de emergência de equipamentos sociais e de saúde, de natureza temporária e excecional, para assegurar a capacidade de resposta das instituições públicas e do setor solidário com atividade na área social e da saúde", durante a pandemia, segundo o texto da portaria.
Em causa estão "entidades coletivas públicas ou privadas sem fins lucrativos, nomeadamente lares de idosos, hospitais ou outras respostas sociais, que desenvolvam atividades de prestação de cuidados de saúde ou de apoio social e que tenham necessidades de reforço de pessoas no curto prazo", explica um comunicado do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Ler + (...)

Sem comentários: