[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 6 de abril de 2020

“Digam aos accionistas que não há nada para ninguém”. Marcelo apela à Banca (ou deixa que o Governo suspenda os lucros)

O Presidente da República reúne-se, nesta segunda-feira, com os cinco maiores bancos a actuar em Portugal para apelar à sua “sensatez” para agilizarem os empréstimos às empresas e às famílias depois de terem recebido milhões de euros de ajudas do Estado. Se não aderirem ao apelo de Marcelo Rebelo de Sousa, o Governo pode intervir para impedir o pagamento de lucros aos accionistas.

Numa video-conferência com responsáveis de CGD, BCP, Novo Banco, Santander e BPI, Marcelo Rebelo de Sousa vai lembrar que a Banca “deve ao país” depois de ter recebido ajudas avultadas nos últimos anos. O Presidente da República quer perceber o que estão a fazer para ajudarem as famílias e empresas e fazer-lhes ver que este não é o momento para o pagamento de lucros aos accionistas. Ler + (...)

Sem comentários: