[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Novo ano letivo poderá conjugar "ensino à distância e ensino presencial"

Em entrevista ao Público e à Rádio Renascença, o ministro da Educação lembra a necessidade de adaptar o ensino à convivência com o coronavírus.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, adiantou esta quinta-feira que o próximo ano letivo será "uma conjugação entre ensino à distância e ensino presencial" e que essa realidade pode começar não em setembro, mas "se calhar em outubro, ou novembro".
Em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença , o governante explica que é preciso "repensar o processo [de ensino]" e adaptar "o processo ensino-aprendizagem" e avaliações". Lembrando a importância de que "tudo seja feito em conjugação com as escolas, com as comunidades educativas e com os professores", Tiago Brandão Rodrigues adiantou que "temos que nos preparar para em setembro - ou não em Setembro mas se calhar em Outubro, ou Novembro - termos o que os ingleses designam por b-learning, uma conjugação entre ensino à distância e ensino presencial". Ler (...)

Sem comentários: