[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 26 de maio de 2020

Novo Banco perdoa 26 milhões na Estia aos irmãos Martins

A imobiliária Estia SGPS, detida em 50% pelos irmãos Carlos e Jorge Martins (accionistas da Martifer) e que aderiu ao PER com um passivo de 110 milhões de euros, será contemplada com um perdão de 36% pelo seu principal credor e só começará a pagar o que deve daqui a 10 anos.

O Novo Banco, que tem no grupo Martifer um dos seus maiores devedores, aprovou o plano de recuperação da Estia SGPS, onde detém mais de 70% (78 milhões de euros) dos créditos de 110,6 milhões de euros sobre esta promotora imobiliária, que é controlada a 50% pela I’M SGPS, dos irmãos Carlos e Jorge Martins, fundadores, accionistas e líderes da Martifer.  

Assim que transitar em julgado o despacho de homologação do plano especial de revitalização (PER), proferido pelo Tribunal de Comércio de Viseu há pouco mais de uma semana, a Estia terá apenas que pagar 751 mil euros ao Novo Banco no imediato e outro tanto dentro de um ano.

Tendo-lhe sido concedida uma carência de 10 anos, só no início do 11.º ano após a data do trânsito em julgado do despacho é que a Estia começará a pagar os restantes 76,5 milhões de euros. Ler + (...)

Sem comentários: