[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 16 de junho de 2020

A epidemia silenciosa do mundo industrializado: o consumo de açúcar

É uma epidemia silenciosa, mas não deixa de ser uma epidemia. O consumo de açúcar nos países industrializados continua a aumentar. Os norte-americanos, líderes deste ranking infeliz, consomem 95 gramas de açúcar por dia per capita.


O FUNDO DA BEBIDA

Foi preciso fazê-las desaparecer. As máquinas automáticas de venda de refrigerantes e snacks. A fritadeira. Arrastadas até ao passeio, ficaram lá com outro lixo, nas traseiras da Escola Básica Kirkpatrick, uma entre meia dúzia de escolas primárias de Clarksdale, no estado do Mississípi. Isto aconteceu há sete anos, quando os directores da escola se aperceberam pela primeira vez da magnitude do problema. Famosa pelas plantações de algodão da região e pelas vastas campinas que se estendem até ao rio, com as suas mansões vitorianas ainda belíssimas, Clarksdale está no centro de uma gigantesca crise de saúde que afecta os Estados Unidos. Taxas elevadas de obesidade, diabetes, tensão arterial elevada, doença cardíaca. Segundo alguns peritos, é o legado do açúcar, uma cultura que trouxe, literalmente acorrentados até este hemisfério, os antepassados da maior parte dos moradores de Clarksdale. “Tínhamos de fazer alguma coisa”, resumiu Suzanne Walton, directora de Kirkpatrick. Ler + (...)

Sem comentários: