[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Associações alertam para ineficiência de ares condicionados portáteis e etiquetas enganadoras

Os aparelhos de ar condicionado portáteis têm metade da eficiência dos fixos e as suas etiquetas enganam os consumidores, alertaram hoje a associação ambientalista Zero e a ECOS, Organização Ambiental Europeia de Cidadãos pela Normalização.
Um comunicado hoje divulgado pelas duas entidades refere que a etiqueta energética das unidades portáteis de ar condicionado de classe A é equivalente à classe F dos sistemas fixos (50% menos eficientes), pelo que pedem uma etiqueta energética comum a todos os equipamentos.
No documento as associações assinalam que há em todo o mundo um aumento da procura de ares condicionados, prevendo-se que em 2050 existam entre 1,6 a 5,6 mil milhões de equipamentos. Ler + (...)
 


Sem comentários: