[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 7 de julho de 2020

Bruxelas agrava previsões para Portugal e antecipa contração do PIB nos 9,8%

A Comissão Europeia conclui que a atividade económica em Portugal sofreu uma inversão acentuada desde março, principalmente no setor do turismo.

Bruxelas prevê agora uma contração do PIB a rondar os 10%; 9,8, mais concretamente. O que representa um agravamento significativo em relação às previsões anteriores, de há dois meses, quando a Comissão acreditava que a contração se situaria nos 6,8.Bruxelas conclui que a atividade económica em Portugal sofreu uma inversão acentuada desde março, principalmente no setor do turismo. 
No segundo trimestre, o PIB caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior e 2,3% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.Ao longo deste ano o desempenho económico deverá deteriorar-se a um ritmo acentuado de cerca de 14% (trimestre a trimestre), refletindo aquilo que Bruxelas designa como "contrações dramáticas na maioria dos indicadores económicos". Ler + (...)

Sem comentários: