[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Ficam de fora das novas matrículas combinações de letras a "evitar"


A determinação prevê, assim, que sejam evitadas combinações que induzam, por exemplo, palavras obscenas

Desde o dia 3 de março, já foram emitidas cerca de 105 mil novas matrículas e, neste processo, há combinações de letras que ficam de fora, excluindo-se assim "determinadas palavras que se entenda dever evitar", como palavras obscenas.
Em comunicado, o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) esclarece que, de forma a assegurar a não utilização dessas combinações, se estabeleceu, "entre outras, tendo em conta a posições dos caracteres dos números de matrícula referenciadas de 1 a 6 a contar do seu lado esquerdo, que não são utilizadas vogais na segunda e sexta posição desses caracteres nas matrículas do novo formato". Este cenário é aplicado "quando qualquer dos grupos de duas letras incluir duas vogais iguais". Ler + (...)
 

Sem comentários: