[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Há 43 mil funcionários públicos a trabalhar a partir de casa

Dados do Ministério da Administração Pública (MMEAP) revelam que, no final de junho, havia 43 mil funcionários públicos em teletrabalho, sem contar com enfermeiros, médicos e professores.

Com a pandemia do novo coronavírus, o teletrabalho ganhou tração. Foi a solução no privado, mas também no setor público, para manter a atividade num período marcado pela necessidade de confinamento para evitar a propagação do vírus, tendo levado a que no Estado cerca de 43 mil trabalhadores tenham ficado a trabalhar a partir de casa.

Dados do Ministério da Administração Pública (MMEAP) cedidos ao Jornal de Negócios (acesso pago) mostram que a 30 de junho “estavam em teletrabalho cerca de 43 mil trabalhadores”, dos quais “39% em teletrabalho total”, ou seja, permanentemente, “e 61% em teletrabalho parcial”. Ler + (...)

Sem comentários: