[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Desconto de 68% em venda do Novo Banco em França gera queixa

 O Novo Banco vendeu com um desconto de mais de 68% o ativo BES Vénétie ao fundo Cerberus. A operação gerou uma queixa às autoridades europeias envolvendo um alegado conflito de interesses. 

A venda da subsidiária francesa do Novo Banco no final de 2018 foi feita com um desconto de 68,2% face ao preço de balanço, facto que, a par com uma acusação de conflito de interesses, também originou uma queixa junto das autoridades europeias. A notícia é avançada pelo Público (acesso condicionado).

Em causa está a alienação do BES de la Vénétie, ativo herdado do falido BES, ao fundo norte-americano Cerberus. Byron Haynes, atual chairman do Novo Banco, foi presidente executivo de um banco detido por esse fundo, que veio então a comprar ao Novo Banco esse ativo com um desconto significativo, explica o jornal. 

Ler + : https://eco.sapo.pt/2020/09/24/desconto-de-68-em-venda-do-novo-banco-em-franca-gera-queixa/

Sem comentários: