[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Euro a euro, para onde vão os milhões das subvenções de Bruxelas

 


No Programa de Recuperação e Resiliência, que António Costa vai apresentar a Bruxelas, o Executivo define três grandes prioridades para superar a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus: “Resiliência”, “Transição Climática” e “Transição Digital”. O primeiro é o que irá absorver a maior “fatia” dos 12,9 mil milhões de subvenções que o país irá obter da Europa a fundo perdido.

Veja aqui a distribuição das verbas por cada bloco:

Resiliência: 7,2 mil milhões de euros

A “Resiliência” é, de longe, o pilar que irá obter mais dinheiro. Neste bloco, que junta as vulnerabilidades sociais, o potencial produtivo e a competitividade e coesão territorial, o Governo prevê um investimento de 7,2 mil milhões de euros.

Ler +: https://www.msn.com/pt-pt/financas/noticias/euro-a-euro-para-onde-v%c3%a3o-os-milh%c3%b5es-das-subven%c3%a7%c3%b5es-de-bruxelas/ar-BB19geXJ?li=BBoPRml

Sem comentários: