[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Nova estirpe do vírus é mais forte e máscara pode não ser suficiente

 O coronavírus SARS-CoV-2, por trás da doença da Covid-19, pode ter sofrido mutações adicionais e ter-se tornado ainda mais contagioso. E pode inclusive estar a adaptar-se de forma a ultrapassar 'barreiras' como máscaras, alertam especialistas.

Investigadores afirmam que uma nova estirpe dominante da Covid-19 pode estar a adaptar-se e em pouco tempo ser capaz de contornar 'obstáculos' como o uso de máscara ou a contínua lavagem e desinfeção das mãos. 

Especialistas da cidade de Houston no Texas, nos Estados Unidos, têm vindo a sequenciar genomas do vírus desde março e até ao momento já categorizaram 5.085 sequências. 

No ínicio da pandemia muitos governos - incluindo o português - alertaram os cidadãos para que mantivessem o distanciamento social, lavassem as mãos regularmente e utilizassem máscaras. 

Contudo, um virologista sugere que o novo coronavírus pode começar a arranjar forma de infetar os indivíduos apesar dessas medidas preventivas. Ler mais

 

Sem comentários: