[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Patrões e sindicatos criticam horários desfasados. Querem lei mais clara para evitar abusos


O Governo deve aprovar, esta quinta-feira, o desfasamento obrigatórios dos horários de trabalho em Lisboa e no Porto, depois de ter ouvido os parceiros sociais. 

 O Governo deve aprovar, esta quinta-feira, o decreto-lei que concretiza a obrigação do desfasamento dos horários de trabalho nas empresas de Lisboa e do Porto, depois de o ter enviado para a Concertação Social, no início desta semana. Do lado dos parceiros sociais, há muitas críticas e pelo menos um ponto de consenso: o diploma não é claro e abre a parte a constrangimentos tanto do lado do empregador, como do lado do trabalhador.

 O Conselho de Ministros aprovou, na semana passada, o desfasamento obrigatório dos horários de entrada e saída, bem como de pausas e refeições em Lisboa e no Porto, para evitar ajuntamentos nos transportes públicos e nos locais de trabalho. Ler + (...)

Sem comentários: