[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Preço das máscaras cai a pique. Caixas que custavam 40 euros estão a 6 ou 7

Se no início da pandemia os preços das máscaras descartáveis dispararam, agora estão bem mais acessíveis. Com aumento da oferta, preços rondam os 12 cêntimos por unidade. 

 Se no início da pandemia a escassez das máscaras era notória, o que levou a preços bastante elevados, agora estes equipamentos de proteção são vendidos um pouco por todo o lado, incluindo nas grandes superfícies comerciais, a preços bem mais baixos. Os travões impostos aos preços excessivos e a maior variedade produtos, ajudou à redução de preços. Preços são, agora, uma fração do que custavam.

Poucos tempo depois de ter sido obrigatório o uso de máscaras em escolas, transportes públicos, comércio e outros espaços fechados com muita gente, o Governo acatou a recomendação do presidente do PSD, Rui Rio, para reduzir a taxa de IVA de 23% para 6% sobre estes equipamentos de proteção, bem como gel desinfetante. Além disso, a condicionar os preços, esteve também a imposição de um limite máximo de 15% na percentagem de lucro destes artigos, procurando evitar a especulação.

Ler +:  https://eco.sapo.pt/2020/09/23/preco-das-mascaras-cai-a-pique-caixas-de-40-euros-estao-a-custar-7/

Sem comentários: