[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

BPI agrava “onda” de comissões. Manutenção de conta dispara 30%


O banco vai agravar um leque de comissões a partir de janeiro. É o caso da manutenção de conta cujos encargos chegam a disparar perto de 30%, mas subidas também chegam à conta à ordem e aos cartões. 

 É cliente do BPI? Então prepare-se porque o banco vai agravar um vasto leque de comissões bancárias. As mexidas ocorrem em diferentes produtos e serviços disponibilizados pelo banco, mas vão afetar sobretudo alguns dos que são considerados mais básicos. É o caso da manutenção de conta cujos encargos chegam a disparar perto de 30% no início do próximo ano. Mas as subidas também chegam à conta à ordem tradicional e aos cartões de débito, por exemplo.

As alterações ao preçário do BPI foram publicadas no site do banco no início deste mês de outubro para se aplicarem a partir de 1 de janeiro. No que diz respeito aos particulares, constata-se que o maior agravamento dos encargos ocorre para os clientes com conta pacote da instituição liderada por Pedro Oliveira e Costa: a Conta Valor BPI. A mensalidade desta conta que inclui um conjunto de produtos e serviços por um preço único é atualmente de 3,64 euros para quem tenha o ordenado domiciliado ou de 7,8 euros nas restantes situações. Ler mais

 

Sem comentários: