[ Diretor: Mário Frota [ Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira [ Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Só cantigas: a lei às urtigas e o mais… imerso em intrigas


De uma consumidora de Coimbra:

1- No dia 4 de Julho de 2020, deparou-se-me um anúncio no Facebook de uma campanha da Vodafone, que até me agradou por ser de um valor mensal acessível;

2- Como pretendia mudar de operadora por a que contratara me estar a prestar um mau serviço e a enviar-me facturas muito acima do normal, fiz uma chamada via telemóvel, e acertei com a Vodafone a escolha do plano a que a campanha se reportava;

3- No dia 14 de Julho de 2020, dirigiu-se ao meu domicílio um técnico para proceder à instalação dos equipamentos: sem o telefone fixo, incluído no Plano, por não haver disponível no momento, como mo transmitiu o técnico. Deixou-me um auto comprovativo da instalação do equipamento (incompleto e sem a oferta que haviam prometido e eu escolhera: uma TV 32″ até hoje ainda não entregue); nada mais me foi entregue nem nada assinei.

4- No entanto, desde essa data até aos primeiros dias de Setembro nem sequer completaram o equipamento e o que cá ficou mal ou nunca funciona;

5- Tenho feito vários contactos para a linha de Apoio ao Cliente e para o Apoio Técnico em que já despendi um bom par de horas inadmissíveis, mas de nenhum obtive bons resultados (dias 17, 18 de Julho de 2020; 5, 22, 27 de Agosto de 2020 ) e alguns com o primeiro técnico (dias 14 de Julho de 2020, 4, 8, 22, 27 de Agosto de 2020 ); Ler mais

Sem comentários: